Precisamos do seu incentivo
Curta nossa página no Facebook

]]>
NEWS:

Sonnen desabafa sobre convivência com Wanderlei no TUF Brasil

No último domingo (9), o primeiro episódio da tão esperada terceira temporada do The Ultimate Fighter Brasil foi ao ar, trazendo a grande rivalidade entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen, líderes das equipes do programa. Entre muitas provocações, o que mais chamou a atenção dos fãs foi a notícia de que os dois lutadores saíram no tapa durante o programa.
Em entrevista ao portal “MMA Fighting”, Sonnen revelou que a grande briga não foi o único incidente que aconteceu durante as gravações, e afirmou que a convivência com Wanderlei foi muito difícil.
“Quanto ao incidente com o Wanderlei, aconteceram vários incidentes. Um deles chamou mais atenção do que os outros. Foi preciso muito esforço para trabalhar com esse cara no dia a dia”, disse o lutador ao portal “MMA Fighting”.
Além das supostas dificuldades de conviver com Wand, Sonnen afirmou que teve muitos problemas para se comunicar com seus lutadores, já que não fala português.
“Foi um pouco desafiador. Nós estávamos em desvantagem estratégica e competitiva porque eu não falo português e não conseguia me comunicar. Isso foi real, foi difícil. Era como brincar de mímica, fiz isso durante toda essa experiência. Nós ficamos muito bons em nossa forma de comunicação por sinais”, disse o americano.
Ciente das dificuldades que teria ao gravar com muitos brasileiros sem falar a língua do país, Sonnen tentou facilitar a sua vida ao propor um “acordo de paz” entre os times. O americano revelou que quando encontrou Jon Jones no primeiro dia das gravações do The Ultimate Fighter 17, conversou com o oponente e combinou que a atenção deles deveria ser totalmente voltada aos lutadores, sem brincadeiras e pegadinhas entre as equipes. O americano tentou ter a mesma conversa com Wanderlei, mas diz que não foi ouvido.
“(Eu disse a Jones) o que os técnicos de futebol fazem? Eles fazem pegadinhas? Vandalizam? Eles se assediam? Eles fazem o melhor trabalho com seus times. Ele disse ‘estou com você’. Com o Wanderlei, isso não funcionou. Eu tentei ter essa conversa muitas vezes, mas não funcionou”, afirmou.
Provocador, Sonnen mais uma vez afirmou que as vitórias de Wanderlei no Japão, no extinto PRIDE, eram falsas, e citou o atual cartel do brasileiro no UFC como “prova”.
“O cartel do Wanderlei é o pior da história do UFC. Não só no UFC da era Zuffa, mas também antes. Atualmente ele tem cinco vitórias e oito derrotas (no UFC). Ele venceu suas duas últimas lutas, o que significa que ele chegou a ter três vitórias e oito derrotas. Nunca existiu alguém tão ruim no UFC”, atacou o americano. Na verdade, Wanderlei possui cinco vitórias e sete derrotas no Ultimate, e venceu duas de suas últimas três lutas, derrotando Cung Le e Brian Stann, mas sendo superado por Rich Franklin entre os combates.
Ainda esperando o anúncio oficial do local em que a luta contra Wanderlei será realizada, Sonnen voltou a afirmar que o brasileiro não assinou o contrato aceitando o combate.
“Eu ainda não tenho nenhuma atualização, mas vou continuar a apontar o dedo no peito dele e dizer que ele não assinou. Eu sei que ele ainda não havia assinado da última vez que me atualizei. Eu acredito que se ele tivesse assinado, ele já teria feito esse anúncio”, disse Sonnen.


FONTE: http://esportes.br.msn.com/

3 comentários:

Copyright © 2013 INTERESSANTENOTA10
Traduzido Por: Mais Templates - Design Favorite Blogger